Muito se ouve falar sobre a busca da felicidade. No entanto, acredito que essa é uma frase mal formulada e que mais gera frustração do que de fato felicidade. Afinal gera uma sensação de algo que devemos estar sempre buscando e a qual nunca atingimos.

Esses dias acabei vendo essa frase reescrita de uma maneira diferente dando nome a um livro e achei fenomenal a reformulação, diria que o livro valeu só pelo título. Ao invés de “A Busca da Felicidade” a frase era:

A Felicidade da Busca

Genial! O foco sai de uma busca contínua até a felicidade, para a busca em si. A felicidade é atingida enquanto buscamos algo, ela é presente, é real e ocorre nesse momento.

Isso tira aquela pressão gigante dos ombros de sermos felizes, o que consequentemente acaba gerando frustração e não nos deixa de fato atingir a plenitude. Quando pensamos na felicidade da busca isso nos ajuda a estar presente, a ter mindfulness e aproveitar cada pequeno momento.

Aproveite a felicidade da sua busca!

Se você se interessar, aqui está o livro que me inspirou essa reflexão: http://amzn.to/2xGqqLX