Quantas vezes você já se viu perdido entre tantas coisas para fazer? Os planos geniais surgem sem parar na sua mente: “quero escrever um livro”, “quero programar um app”, “quero empreender”, “se eu abrir um McDonalds nessa esquina vai bombar”… E quantas vezes esses planos de fato saíram do papel? Já pensou que talvez o que te falte não seja competência, mas sim foco?

Essa desculpa de “Ah, eu não tenho tempo” é um dos maiores exemplos de lócus externo de controle (esse é um dos conceitos mais importantes que você pode aprender, se não sabe o que é veja esse texto).

Todos os seres humanos do mundo possuem exatamente 24h por dia, seja eu, você, Barack Obama, Jorge Paulo Lemann e quem mais você imaginar. Agora se o Obama governa um país e ainda tem tempo pra família imagina a gente? Deveríamos ter tempo de sobra, creio eu. 

A questão não é ter mais tempo, como eu disse todos temos 24h. A questão é priorizar o que vamos fazer com esse tempo. Podemos fazer o que quisermos, desde que escolhamos focar em algumas poucas coisas. Existe um texto que explica isso com maestria, porém está em inglês, como sei que tem gente que não domina o idioma a minha querida Roberta Valezio traduziu o texto pra gente. Creio ser um dos textos mais simples e ao mesmo tempo eficazes para explicar a importância de focarmos no que realmente desejamos.

O link para o texto original está no final do artigo.

Aproveitem:

Se você quer seguir seus sonhos, você precisa dizer “não” para todas as alternativas

 

FocoA criação do cérebro humano (abelhas)

Nosso cérebro se comporta como uma bola de praia cheia de abelhas. Centenas de impulsos conflitantes empurrando-nos em direções diferentes.

As pessoas nunca querem fazer uma coisa. Queremos fazer todas as coisas. Nós queremos simultaneamente nos exercitar e aprender espanhol e sair para comer pizza. Nossos desejos são incontáveis, agentes independentes, trabalhando para cutucar a nossa bola de praia em sua própria direção egoísta. 

E de modo geral, a bola está indo a lugar nenhum. É controlado mais pelo terreno do que pela vontade do que está dentro dela.

como ter foco

 

“Eu quero um novo emprego” /“Eu quero escrever um livro” /“Eu quero um gatinho”

Assim é como a maioria das pessoas vive suas vidas. Sentimo-nos em conflitos sem fim. Nós nunca temos tempo suficiente. E o que nos acontece é mais forte do que a nossa capacidade de combatê-lo. Vamos corrigir isso!

 

A maldição da “Grande Ideia”

Imagine se há 20 anos você era um gênio que teve a ideia de começar o Google e a Amazon e o Facebook. Você inventou três das melhores ideias de negócio do século passado, e se você tivesse começado qualquer um deles você poderia agora valer bilhões. Mas se você estava determinado a fazer todos os três ao mesmo tempo você estaria absolutamente em nenhum lugar.

Ter grandes ideias não é o suficiente. Muitas pessoas têm grandes idéias. O problema é que muitas grandes idéias se anulam mutuamente.

Como ter foco

 

“Eu quero criar o Google” / “Eu quero criar o Facebook” / “Eu quero criar a Amazon”

É por isso que uma comissão de pessoas inteligentes é chamada de “idiota”. Liderança não funciona por volume. Para quantos mais sentidos você estiver sendo puxado, menor é a distância que você vai percorrer.

Como as pessoas alcançam o impossível

Imagine um objetivo imensamente ambicioso para si mesmo. Digamos que você queira escrever um livro, ou pousar em Marte.

Se você realmente tivesse que fazer isso – se a sua vida e as vidas de todos com os quais você se preocupasse dependesse disso – como você faria? Como você poderia fazer?

Você simplesmente largaria todo o resto. Você se tornaria um zangão gigante, empurrando em uma direção, e você se moveria muito, muito rapidamente:

tenha foco

 

Um foco monomaníaco em um único objetivo é, talvez, o máximo sucesso estratégico. É um padrão encontrado em todos, de Edison a Einstein. Quando você é capaz de se concentrar em um único objetivo, constantemente, suas realizações atingem o seu limite:

formula do foco

 

Suas Realizações = (Seu Potencial) / (Suas Direções^2)

Eixo vertical: Realizações; Eixo horizontal: número de Direções

A maioria das pessoas não está falhando por culpa do seu potencial. Eles estão falhando porque seu potencial está sendo espalhado em muitas direções.

Como domar o enxame

Você sempre vai querer tentar mais do que você pode alcançar.

Infelizmente puxando você mesmo em muitas direções é a maneira mais rápida de garantir o fracasso. E colocar-se inteiramente em uma única direção é a maneira mais rápida para garantir o sucesso.

Então, tente o seguinte:

1. Mire mais alto. Se suas ambições são pequenas, eles são facilmente dominadas. Grandes metas são, paradoxalmente, mais propensas a ficar, porque por elas vale a pena ignorar objetivos menores.

2. Limite a três. Mantenha três listas para diferentes partes de sua vida – por exemplo “trabalho”, “casa” e “fim de semana”. Cada lista só recebe um objetivo. Se você realmente precisa ter mais, só saiba que uma adição, reduz quatro vezes as chances de sucesso daquela área.

3. Coloque para fora. Qualquer coisa que não é prioridade agora pode ser feito de forma otimizada mais tarde. Mark Zuckerberg foi inteligente por começar primeiro o Facebook e, em seguida, aprender chinês. Seus objetivos são a mesma coisa, você é apenas geralmente muito apegado a eles nesse momento para perceber.

4. Cuidado com os desejos do seu lado preguiçoso. Preste ateção nas “outras coisas que você também quer”. Elas vão parecer reconfortantes, inofensivas, e automáticas. Elas são mortais. Uma nova direção vai dividir em quatro o que você pode conquistar.

5. Alinhe seus zangões. Você pode não ser capaz de criar o próximo Google, curar o câncer e pousar em Marte ao mesmo tempo. Mas você pode ser capaz de se tornar simultaneamente, digamos, um CEO de sucesso e atlético. Sucesso e saúde podem ser objetivos complementares: uma pessoa saudável pode ser um líder melhor. Eles são como duas abelhas, empurrando na mesma direção, e mais forte para ela.

abelhas e foco

 

As poucas pessoas que alcançaram as coisas mais surpreendentes e transformadoras para suas vidas não conquistaram isso dividindo suas intenções. Elas sonharam alto, alinharam seus zangões, e disseram não a todas as outras oportunidades que a vida lhes apresentou.

Se você quer o poder para seguir seus sonhos, você tem que dizer não a todas as alternativas. Não é fácil, mas se isso é para você, pelo menos você sabe o preço.

O texto original em inglês pode ser encontrado aqui.