Fim de ano, momento de olhar pra trás e refletir: O que eu fiz de foda nesse ano que passou? Estou melhor que do que nos anos passados? E se não, por quê?

Pensando nisso decidi fazer uma retrospectiva desde 2013, quando entrei na UFABC, até 2016 e ver o que mudou nesses 4 anos:

2013

  • Terminei meu curso técnico em administração;
  • Fui aprovado na UFABC;
  • Fundei da Liga Universitária de Empreendedorismo da UFABC que foi no mesmo ano reconhecida a melhor Liga do Brasil;
  • Realização da maior Semana Global de Empreendedorismo realizada por estudantes em todo o Brasil;
  • Fiz um trabalho de férias na Endeavor;
  • Assumi a vice presidência da Empresa Junior;
  • Fiz um curso de Organizador de Eventos e participei do Laboratório Estudar;

2014

  • Fui eleito representante discente no ConsUni;
  • Publicação da minha iniciação científica sobre startups em um congresso internacional da área de emprendedorismo;
  • Ajudei a fundar o Centro Acadêmico de Engenharia de Gestão, o primeiro da UFABC;
  • Fui embaixador CHOICE e dei palestras sobre negócios de impacto social;
  • Ajudei na realização do TEDxUFABC;
  • Ver o 1º ELU (Encontro Nacional de Ligas Universitárias), evento que idealizei em 2013, sair do papel;
  • Fiz um curso de matemática aplicada, um de 6sigma (green belt), uma imersão sobre Biomimética, e participei no ENEGEP;
  • Ser aceito para trabalhar na Fundação Estudar.

2015

  • Foco e dedicação quase que exclusiva para a Fundação Estudar, sendo o principal responsável pelo LabX e, junto com uma equipe foda, fiz o programa triplicar de tamanho, impactando mais de 3.000 jovens em todo o Brasil, chegando em todos os estados brasileiros e em mais 4 países, tornando-se assim um dos maiores programas de liderança para jovens do país;
  • Ainda tive a oportunidade de viajar o Brasil para poder dar treinamentos para diversos multiplicadores, além de facilitar diversos LabX em todo o país;
  • Começo de meu intercâmbio para a Austrália.

2016

  • Estudei um ano na Monash University, uma das 100 melhores universidades do mundo, na Austrália;
  • Comecei o Outras Frequências, meu humilde blog que acabou virando a Ductu aqui;
  • Viajei por 5 países, aumentando minha vivência e meu contato com outras culturas. Viagens sozinho pela Ásia por países como Tailândia, Indonésia e Singapura, além de poder contar com alguns amigos em minha viagens dentro da Austrália e para Nova Zelândia;
  • Li exatamente 100 livros;
  • Escrevi O Livro Negro dos Estágios, focado em processos seletivos para jovens, que ficou durante algum tempo como um dos livros mais vendidos da Amazon;
  • Aprendi a investir, fotografar e programar websites.

Vejo que 2013 e 2014 foram anos da mão na massa. Ano de pensar pouco e fazer muito. Me envolvi com diversas atividades até chegar em um ponto que vi que não conseguia fazer algo ser perene, muitas coisas acabavam morrendo quando eu saia ou outras atingiam só 1/10 do potencial que poderiam ter atingido se eu tivesse focado de verdade.

2015 foi o ano do foco. Foco na Fundação Estudar o no LabX, curva de aprendizagem exponencial e desafios a nível nacional.

2016, por sua vez, foi o ano de crescimento pessoal, de abrir a mente e organizar ideias. Viajei por países e culturas diferentes, troquei ideia com gente de uns 30 países,  li 100 livros sobre diversos assuntos, comecei a escrever no meu blog e cheguei a escrever um livro. Aproveitei o tempo livro para aprender coisa nova, como começar a investir, programar sites e fotografar.

2017

Agora, juntando a mão na massa, o foco e uma mente mais arejada espero estar pronto para os desafios que vêm por aí em 2017 que promete ser animal! Se tivesse que apostar diria que é o ano de dar passos grandes, o por que? Bem, isso eu falo ao longo do ano =)

 

E você? Como foi seu 2016? Foi mais foda que 2015? Se pudesse resumir o seus últimos anos em uma ou duas palavras, quais seriam? Fica aí um exercício de reflexão para ajudar no seu autoconhecimento e na hora de traçar suas metas de 2017!

Um 2017 foda pra você!

– Gabriel Vinholi


Gostou do nosso conteúdo e tá procurando estágio? Da uma conferida no meu livro O Livro Negro dos Estágios na Amazon.

E se curtiu mesmo o post, coloca seu e-mail aqui embaixo =)